Francisco da Silva

Alto Tejo, AC, Brasil, 1910 – Fortaleza, CE, Brasil, 1985

Duas pinturas sem título de Francisco da Silva fazem parte de Composições para tempos insurgentes. As obras pertencem à Coleção Gilberto Chateaubriand MAM Rio. Em ambas, animais fantásticos convivem em uma composição onde as cores fazem vibrar a cena. Uma atmosfera mítica é erguida a partir desses seres que aparecem habitando uns aos outros, atravessando-se. 

Francisco Domingos da Silva foi desenhista e pintor, também conhecido como Chico da Silva ou Xico da Silva. No início da década de 1960, trabalhou no Museu de Arte da UFCE. Retornou ao ofício da pintura em 1981, após um período de quatro anos de institucionalização em um hospital psiquiátrico. Entre a última década de exposições individuais do artista em vida, notam-se exibições nas galerias Querino, Salvador, BA (1965), Gemini, Rio de Janeiro, RJ (1967) e A Galeria, São Paulo, SP (1967). Em 1989, aconteceu a exposição Retrospectiva Chico da Silva: Do Delírio ao Dilúvio, no Espaço Cultural do Palácio da Abolição, em Fortaleza, CE.

Two untitled paintings by Francisco da Silva are part of Compositions for Insurgent Times. The works belong to the Gilberto Chateaubriand MAM Rio Collection. In both, fantastic animals live together in a composition where the colours make the scene vibrate. A mythical atmosphere is created from these beings that appear inhabiting each other, crossing each other.

Francisco Domingos da Silva was a drafter and a painter, and was known as Chico da Silva or Xico da Silva. In the early 1960s, he worked at the Museu de Arte da UFCE. He returned to painting in 1981, after a four-year period of institutionalization in a psychiatric hospital. Among the last decade of the artist’s solo shows during his lifetime, the exhibitions in the galleries Querino, Salvador, BA (1965), Gemini, Rio de Janeiro, RJ (1967) and A Galeria, São Paulo, SP (1967) stand out. In 1989, the exhibition Retrospectiva Chico da Silva: From Delírio ao Dilúvio took place at the Espaço Cultural do Palácio da Abolição, in Fortaleza, CE.

Obras
Sem título (1966) 
óleo sobre tela 
Coleção Gilberto Chateaubriand MAM Rio

Sem título (sem data)
acrílica e guache sobre madeira 
Coleção Gilberto Chateaubriand MAM Rio 



Acessibilidade | Fale conosco | Imprensa | Mapa do Site