Mostra relembra os 34 anos do acidente com o césio 137 em Goiânia

Em nova parceria com o International Uranium Film Festival do Rio de Janeiro, a Cinemateca do MAM apresenta, de 13 a 19 de setembro, a mostra Para não esquecer. 34 anos do acidente com o Césio 137 em Goiânia. A mostra tem o intuito de lembrar o maior acidente radiológico da América Latina ocorrido em setembro de 1987, quando centenas de pessoas foram contaminadas com césio 137, proveniente de um aparelho de medicina nuclear abandonado numa clínica de tratamento de câncer desativada. Serão apresentados oito filmes realizados entre 1989 e 2021.

A mostra se completa com uma live reunindo uma das vítimas e fundador da Associação das Vítimas do Césio 137 em Goiânia (AVCésio), Odesson Alves Ferreira, os cineastas Angelo Lima, Benedito Ferreira,  Michael Valim e Petrus Pires e o professor do Laboratório de Radiobiologia e Radiometria do Instituto de Biologia da Universidade Federal Fluminense, Alphonse Kelecom.

SEG 13 – DOM 19 SET
Assista gratuitamente em: vimeo.com/showcase/cesio137.

Sessão 1. Amarelinha de Ângelo Lima. Brasil, 2003. Com Amanda Cristine. 4’. + O pesadelo é azul de Ângelo Lima. Brasil, 2008. Documentário. 30’. Classificação indicativa 14 anos

Sessão 2. Césio 137. O brilho da morte de Luiz Eduardo Jorge. Brasil, 2003. Documentário. 24’. Classificação indicativa 14 anos

Sessão 3. Césio 137. O pesadelo de Goiânia de Roberto Pires. Brasil, 1989. Com Nelson Xavier, Joana Fomm, Paulo Betti, Denise Milfond e Stepan Nercessian. 95 min. Classificação indicativa 14 anos

Sessão 4. Tem césio no meu sangue (Cesium I blodet) de Lars Westman. Suécia e Brasil, 2009. Documentário. 70’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos

Sessão 5. Algo do que Fica de Benedito Ferreira. Brasil, 2017. Com Kadu Marques, Oldom Bonfim e Janayna Nayume. 23’. Classificação indicativa 14 anos

Sessão 6. Rua 57, número 60, centro de Michael Valim. Brasil, 2011. Videoarte. 9’. Classificação indicativa 14 anos

Sessão 7. Odesson em Berlim de Márcia Gomes de Oliveira e Norbert G. Suchanek. Brasil, 2021, Documentário. 30’. Classificação indicativa 14 anos

DEBATE

SEG 13 SET às 16h (YouTube e Facebook MAM Rio)
Live para não esquecer. Encontro com Odesson Alves Ferreira (vítima do césio 137), Angelo Lima (cineasta), Benedito Ferreira (cineasta) e Michael Valim (cineasta), Petrus Pires (cineasta) e Alphonse Kelecom (professor/UFF). Mediação Márcia Gomes de Oliveira (diretora do Uranium Film Festival).

Informações:
cinemateca@mam.rio



Acessibilidade | Fale conosco | Imprensa | Mapa do Site