AGENDA

FEVEREIRO 2021

DEBATES PERFORMANCES DO CARNAVAL

Curador convidado: Leandro Vieira
Número de vagas: 30
Inscrições em www.mam.rio/ingressos

Manifestação artística e cultural intimamente ligada à construção da identidade coletiva da cidade do Rio de Janeiro, os desfiles das escolas de samba são atividades fundamentais para a compreensão da história social e política da cidade. Envolvem não apenas aspectos ligados às disputas de narrativas, mas também às lutas por reconhecimento de territórios simbólicos.

Em função das medidas sanitárias necessárias para a contenção da pandemia do Covid-19, a cidade do Rio de Janeiro estará privada de realizar neste mês de fevereiro sua mais legítima e reconhecida tradição cultural: os cortejos carnavalescos e desfiles de Carnaval. É nesse contexto que a programação mantém na agenda da cidade não apenas os saberes da prática carnavalesca, mas também a insistência de reafirmamos os desfiles das escolas de samba como espaço de arte múltipla e maiúscula.

Serão quatro dias de encontros nos quais diferentes aspectos dos desfiles serão abordados em mesas de debates e provocações formadas por estudiosos, pesquisadores e artistas que atuam diretamente no universo das artes aplicadas aos desfiles.

SÁB 20 fev, das 17h às 19h
Mestre-sala e porta-bandeira
Com Matheus Olivério, Squel Jorgea e Helena Teodoro

DOM  21 fev, das 17h às 19h
Alfabeto percussivo
Com Arifan, Wesley Assumpção e Luiz Antonio Simas 

SEX 26 fev, das 17h às 19h
Paleta de cores e enredo
Com Milton Cunha, Leandro Vieira e Keyna Eleison

SÁB 27 fev, das 17h às 19h
Estereótipo do corpo feminino negro
Com Flávia Oliveira, Evelyn Bastos e Milena Wainer

saiba mais: Saberes da Mangueira

ZONA ABERTA

Ateliê móvel na área dos Pilotis do MAM, com patrocínio de Adam Capital e Deloitte

SÁB 6 fev, das 10h30 às 12h
Oficina de cartaz de lambe-lambe com molde vazado, com Loo Stavale

Faixa etária: a partir de 10 anos

Nesta oficina vamos produzir cartazes, criar e reproduzir imagens pensadas a partir de formas e palavras, que serão recortadas e impressas em papel, através da tela de silk. São quatro etapas: criação do cartaz/desenho/imagem, recorte da matriz, impressão e apresentação dos cartazes para colagem.

SÁB 20 fev, das 10h30 às 12h
Circuito sensorial das ervas, com Mayara Veloso
 
Faixa etária: 10 a 14 anos

Explorar os sentidos através do toque e reconhecimento visual de algumas plantas medicinais e/ou PANCs. A primeira etapa é um convite ao público para identificação das espécies e uma conversa sobre suas aplicações e usos em nossa vida cotidiana. Por fim, será proposto que adultos e crianças criem impressões com frotagens das ervas experienciadas durante a atividade.

ACERVO EM FOCO

SÁB 27 fev, às 14h
Franz Weissmann, Espaço Circular e Cubo Virtual, 1987, com Laís Daflon
Faixa etária: livre

Roda de conversa em torno da escultura que integra o acervo do MAM e está instalada no jardim. São 12 vagas. Distribuição de pulseira na bilheteria 30 minutos antes da ação.

VISITAS PETROBRAS

DOMINGOS às 10h30, 13h30 e 15h
Bloco Expositivo
Agendar pelo site: www.mam.rio/ingressos

Arte-educadores acompanham grupos de até 8 pessoas de qualquer idade, quando dialogam e compartilham olhares, leituras e significados nas exposições do MAM. Exige pré-agendamento.

10h30 – Hélio Oiticica – A visita sugere um diálogo sobre a produção e trajetória de Hélio Oiticica através das exposições Cosmococa – Programa in Progress e Hélio Oiticica: a dança na minha experiência.

13h30 – Uma volta pelas exposições – A visita propõe uma visão panorâmica da programação com uma volta pelas exposições em cartaz, instigando relações de contrastes e aproximações a partir da reflexão: o que pode ser um museu?

15h – Acervo MAM  – Até 21 de fev, visita à exposição Realce, que apresenta um conjunto de obras do acervo do MAM Rio sob um novo olhar curatorial, desta vez com a reabertura das vidraças que trazem mais luz natural ao espaço do museu.  

PERCURSOS

QUINTAS E SEXTAS às 10h e 11h30
Bloco Expositivo
Agendar pelo site: www.mam.rio/ingressos

As pessoas podem montar um grupo de seu relacionamento para ter acesso exclusivo às exposições do museu, antes do horário da abertura para o público. Com agendamento prévio e ingresso de valor diferenciado, o grupo terá direito a reserva no estacionamento e acompanhamento de educadores, que irão propor circuitos de visitação a cada grupo a partir de um percurso previamente escolhido. São apenas duas sessões diárias, para grupos de até 8 pessoas, e seguem todos os protocolos de segurança sanitária.

Percursos à escolha: 

Paisagens imaginantes –  Como vemos e sentimos os lugares por onde passamos? A proposta da visita é fazer um percurso da paisagem que vemos na área externa do museu até as paisagens reais ou imaginadas, externas ou internas, presentes nas diversas exposições em cartaz.  

Hélio Oiticica e o MAM – Como pensar a obra de Hélio Oiticica a partir da relação com o museu? O percurso pela exposição Hélio Oiticica: a dança na minha experiência atravessa a obra de Hélio e sugere costuras entre as histórias do artista e do MAM, espaço que abrigou movimentos artísticos como o Grupo Frente em 1955, também composto por Hélio. No ano anterior, Hélio e seu irmão César Oiticica, adolescentes, haviam sido alunos de Ivan Serpa no Curso Livre de Pintura do MAM, quando a sede atual do museu ainda não existia.

Acervo MAM – Até 21 de fev, visita à exposição Realce, que apresenta o acervo do MAM Rio sob um novo olhar curatorial, desta vez com a reabertura das vidraças que trazem mais luz natural ao espaço do museu. 

Agendar visita



Acessibilidade | Fale conosco | Imprensa | Mapa do Site