Comunicado ao público

1
O Conselho de Administração do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio) confirma que recebeu, em 1 de fevereiro de 2022, um pedido de demissão de Fabio Szwarcwald do cargo para o qual havia sido nomeado em 1 de março de 2020.

 2
Em 14 de setembro de 2021, o Conselho de Administração deliberou a destituição de Fabio Szwarcwald da Diretoria Executiva e o convidou para assumir a Diretoria de Relações Institucionais, cargo que pareceu aos conselheiros mais condizente com seu perfil profissional. Nesta mesma ocasião, Paulo Albert Weyland Vieira foi nomeado interinamente para assumir a Diretoria Executiva e Pedro José Rodrigues a Diretoria de Planejamento, Administração e Financeira.

 3
Foi, portanto, enquanto as negociações sobre o convite para assumir a Diretoria de Relações Institucionais ainda estavam em curso, que o Conselho de Administração do MAM Rio recebeu de Fabio Szwarcwald, em 1 de fevereiro de 2022, o pedido de demissão acima referido.

4
Nos quase dois anos em que Fabio Szwarcwald exerceu a Diretoria Executiva, após rigoroso processo de seleção do Conselho de Administração, o MAM Rio ampliou o número de Associados, Patronos, e empresas apoiadoras e mantenedoras; bem como trouxe talentos para integrar a gestão, além de novos públicos, fortalecendo assim o histórico papel da instituição na cena cultural do país.

O Conselho de Administração do MAM Rio não só aplaude e agradece a dedicação e entusiasmo de Fabio Szwarcwald, que nos está deixando, como também a de toda a equipe de colaboradores que conosco permanecerá.

5
A diretoria liderada por Paulo Albert Weyland Vieira aproveita esta oportunidade para dividir com os públicos interno e externo do MAM Rio seu comprometimento com a implementação do atual programa da Diretoria Artística, idealizado por Keyna Eleison e Pablo Lafuente, que abrange os programas de educação, pesquisa e residências, bem como as próximas exposições “Nakoada” e “Independências”, que pensam diferentes movimentos da história do Brasil.  

6
O MAM Rio lembra que dos seus acervos fazem parte mais de 16.000 obras, um dos conjuntos de documentos de artes visuais mais importantes do país, e que sua Cinemateca salvaguarda um conjunto de mais de 150.000 títulos e o maior acervo documental de cinema nacional, além de manter em regime de comodato as coleções Gilberto Chateaubriand e Joaquim Paiva.

A propósito, e como não poderia deixar de ser, a segurança do museu é uma das prioridades definidas pelo Conselho de Administração do MAM Rio. No início de 2021, pediu propostas para a contratação  de seguro, mas apenas uma lhe foi apresentada pela Diretoria Executiva à época. Após receber a referida proposta, de caráter inicial e não vinculante, os conselheiros fizeram uma série de questionamentos não respondidos a contento e, posteriormente, a proponente internacional comunicou ao mercado que deixaria de cobrir este tipo de risco no Brasil. 

A busca de uma estrutura especializada e adequada à instituição está em pleno andamento.

7
Zelar por um equilíbrio rigoroso das contas, que garanta a sua viabilidade no futuro, também é uma das prioridades que marcam a atuação do Conselho de Administração do MAM Rio. 

8
Olhando para 2023, quando o MAM Rio completa 75 anos de fundação, o Conselho de Administração já solicitou à equipe de colaboradores da instituição um plano museológico à altura e em linha com as inéditas dúvidas e desafios que os novos tempos nos impõem.

 9
O Conselho de Administração do MAM Rio está, como sempre esteve, à disposição dos seus públicos para elucidar toda e qualquer indefinição sobre questões pertinentes ao seu papel como órgão máximo da instituição.

Rio de Janeiro, 2 de fevereiro de 2022.



Acessibilidade | Fale conosco | Imprensa | Mapa do Site