6 de maio de 2020
Este mês | Meses anteriores | A seguir

MAIO 2022

Programação presencial no Auditório Cosme Alves Netto e online no canal do MAM Rio no Vimeo
_

PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL
AUDITÓRIO COSME ALVES NETTO

MAIO 2022

DOM 1 MAIO . 15h
Homenagem a Julio Cesar de Miranda
O ano passado em Marienbad (L’Année dernière à Marienbad) de Alain Resnais. França e Itália, 1960. Com Giorgio Albertazzi, Delphine Seyrig, Sacha Pitoëff. 93. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 12 anos

DOM 1 MAIO . 17h 
Homenagem a Julio Cesar de Miranda
Por que você não vai brincar no inferno (Jigoku de naze warui) de Sion Sono. Japão, 2013. Com Shinichi Tsutsumi, Jun Kunimura, Fumi Nikaidô. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 16 anos

QUI 5 MAIO . 18h 
Mostraí PUC-Rio
Boa noite, Charles de Irmãos Carvalho. Brasil, 2016. Com Eduardo Carvalho e Marcos Carvalho. 19’. Exibição em MP4 (h264). + Chico de Irmãos Carvalho. Brasil, 2017. Com Jeckie Brown, Lucia Talabi e Fabricio Assis. 22’49’’. Exibição em MP4 (h264). + Eu, minha mãe e Wallace de Irmãos Carvalho. Brasil,  2018. Com Fabrício Boliveira, Noemia Oliveira, Robson Santos e Sophia Rocha. 22’34’’. MP4(h264). Classificação 12 anos. Sessão seguida de conversa com os Irmãos Carvalho mediada pelos estudantes da PUC-RJ.

QUI 5 MAIO . 20h 
Mostraí PUC-Rio
Boa noite, Charles de Irmãos Carvalho. Brasil, 2016. Com Eduardo Carvalho e Marcos Carvalho. 19’. Exibição em MP4 (h264). + Chico de Irmãos Carvalho. Brasil, 2017. Com Jeckie Brown, Lucia Talabi e Fabricio Assis. 22’49’’. Exibição em MP4(h264). + Eu, minha mãe e Wallace de Irmãos Carvalho. Brasil,  2018. Com Fabrício Boliveira, Noemia Oliveira, Robson Santos e Sophia Rocha. 22’34’’. MP4(h264). Classificação 12 anos

SEX 6 MAIO . 18h30
Homenagem a Julio Cesar de Miranda
Noites brancas (Le notti bianche) de Luchino Visconti. Itália, 1957. Com Maria Schell, Marcello Mastroianni, Jean Marais. 97’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 12 anos

SÁB 7 MAIO . 15h 
Homenagem a Julio Cesar de Miranda
A marca da maldade (Touch of Evil) de Orson Welles. Estados Unidos, 1958. Com Charlton Heston, Janet Leigh, Orson Welles e Joseph Calleia. 95’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação 16 anos 

SÁB 7 MAIO . 17h .
Pré-estreia A sobrancelha é o bigode do olho de Alexandre Dacosta. Brasil, 2022. Com Márcio Vito. 76’. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos. 

DOM 8 MAIO . 15h 
Homenagem a Julio Cesar de Miranda
Amarga esperança (They Live by Night) de Nicholas Ray. Estados Unidos, 1948. Com Farley Granger, Cathy O’Donnell, Howard da Silva e Jay C. Flippen. 95’ Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação 16 anos 

DOM 8 MAIO . 17h 
Homenagem a Julio Cesar de Miranda
O desprezo (Le Mépris) de Jean-Luc Godard. França e Itália, 1963. Com Brigitte Bardot, Michel Piccoli e Jack Palance. 102’ Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação 16 anos

QUA 11 MAIO . 18h30
Workshop Memórias sobrepostas: cineclubismo restaurado. Apresentação do projeto de restauro do filme Mulheres do Suriname e o papel dos movimento cineclubistas como movimentos de ação política. Workshop ministrado por ​​Luna Hupperetz e Leticia Fialdini. Apresentação precedida da exibição da versão restaurada do filme Mulheres do Suriname (Oema foe Sranan) de Cineclub Vrijheidsfilms e LOSON. Suriname e Países Baixos, 1978. Documentário. 57’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 12 anos.

QUI 12 MAIO . 18h30
Pré-estreia Rubens Gerchman: o rei do mau gosto de Pedro Rossi. Brasil, 2022. Documentário. 77’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 12 anos. (A confirmar)

SEX 13 MAIO . 14h30 
Pequenos cinéfilos. Sessão escolar.

SEX 13 MAIO . 18h30
Sertões de Sarno
Viramundo de Geraldo Sarno. Brasil, 1965. Documentário. Exibição em MP4 (h264) + Terra queima de Geraldo Sarno. Brasil, 1984. 55’. Exibição em 35mm Classificação indicativa 12 anos.

SÁB 14 MAIO . 14h30
Pequenos cinéfilos – Eu sou porque nós somos
A edição de maio de Pequenos Cinéfilos apresenta o tema “Eu sou porque nós somos”. Como construímos os sentidos de identidade e coletividade a partir da perspectiva negra? Por meio de dois curta metragens com personagens negros, vamos pensar de que formas podemos afirmar nossa identidade a partir do corpo e da história.

Nana & Nilo e o tempo de brincar de Sandro Lopes. Brasil, 2015. 14’ + Nana & Nilo na Cidade Verde, de Sandro Lopes. Brasil, 2021. 10′. Classificação indicativa: livre para todos os públicos.45 vagas por ordem de chegada.
Classificação indicativa livre.

SÁB 14 MAIO . 17h
Sertões de Sarno
Coronel Delmiro Gouveia de Geraldo Sarno. Brasil, 1977. Com Rubens de Falco, Nildo Parente e Jofre Soares. 90’. Classificação indicativa 12 anos.

DOM 15 MAIO . 15h
Homenagem a Julio Cesar de Miranda
A bela da tarde (Belle de jour) de Luis Buñuel. França, 1967. Com Catherine Deneuve, Jean Sorel e Michel Piccoli. 100’. Legendas em português. Exibição em 35mm. Classificação indicativa 16 anos

DOM 15 MAIO . 17h  
Sertões de Sarno
Sertânia de Geraldo Sarno. Brasil, 2020. Com Vertin Moura, Julio Adrião e Kécia Prado  97’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 14 anos

QUA 18 MAIO . 18h30
Sessão Urubu Cine
José Sette – O Naturalista Imaginário. Cidade da Bahia de José Sette de Barros. Brasil, 1975. Documentário. 7’. Exibição em 35mm + Natureza torta de José Sette de Barros. Brasil, 1976. Documentário. 12′. Exibição em 35mm + Naturalista Krajcberg de José Sette de Barros. Brasil, 1978. 10′. Exibição em 35mm + Natureza e escultura de José Sette de Barros. Brasil, 1978. 14′ + Exibição em 35mm. + As memórias do Dr. Lund. O Homem de Lagoa Santa de José Sette de Barros. Brasil, 1979. Documentário. 22′ + Um sorriso por favor – o mundo gráfico de Goeldi de José Sette de Barros. Brasil, 1981. Com Ronaldo Brandão, Eduardo Rodrigues e Lina Continentino. 21′. Exibição em 35mm. Classificação indicativa 16 anos. Sessão seguida de conversa com José Sette e mediação de Lucas Parente.

QUI 19 MAIO . 15h30 
International Uranium Film Festival
Programa – História da bomba atômica. Sobre o significado de tudo. A rede do físico Hans-Peter Dürr (Hans-Peter Dürr. Vom Sinn Des Ganzen) de Claus Biegert. Produção de Biegertfilm, Música de Zoro Babel. Alemanha, 2020. Documentário. 103’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 14 anos.

QUI 19 MAIO . 17h30 
International Uranium Film Festival
Programa – História da bomba atômica. Depois do dia seguinte (After the Day After) de Nathan Meltz. Estados Unidos, 2011. Animação experimental. 6’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 14 anos. + Evento televisivo (Television Event) de Jeff Daniels. Estados Unidos, 2020. Documentário, 91’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos.

QUI 19 MAIO . 19h30 
International Uranium Film Festival
Programa – História da bomba atômica. Totem & minério (Totem & Ore) de John Mandelberg. Austrália, 2019. Documentário. 97’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos.

SEX 20 MAIO . 15h
International Uranium Film Festival
Programa – Riscos Radioativos. Vizinho tóxico (Toxic Neighbour) de Colin Scheyen. Canadá, 2021. Documentário. 25’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264) + Sam e a usina nuclear ao lado (Sam and the plant next door) de Ömer Sami. Dinamarca e Reino Unido, 2019. Com John Chedgey, Sam Chedgey e Jimi Law. 23’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264) + Medo a flor da pele (Peur à fleur de peau) de Franck Sanson. França, 2020. Documentário. 55’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 14 anos. 

SEX 20 MAIO . 17h 
International Uranium Film Festival
Programa – Riscos Radioativos. O jardim (The Garden) de Bill McCarthy. Estados Unidos, 2021. Animação. 7’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). + Brincando com urânio (Playing With Uranium) de Daniel Hackborn. Canadá, 2020. Documentário. 10’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + Fotografia & radiação (Photography & Radiation) de Jesse Andrewartha. Canadá, 2018. Documentário. 15’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). + Transmutações: visualizando a matéria (Transmutations: Visualizing Matter) de Jesse Andrewartha. Estados Unidos e Canadá, 2021. Documentário. 70’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos.

SEX 20 MAIO . 19h 
International Uranium Film Festival
Programa – Riscos Radioativos. Mustangs e Renegades (Mustangs & Renegades) de James Anaquad Kleinert. Estados Unidos, 2020. Documentário. 127’. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos.

SÁB 21 MAIO . 14h30
International Uranium Film Festival
Programa – A questão nuclear. Como o povo da Áustria disse não ao nuclear (Atomlos durch die macht) de Markus Kaiser-Mühlecker. Áustria, 2019. Documentário. 74’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos. 

SÁB 21 MAIO . 16h 
International Uranium Film Festival
Programa – A questão nuclear. Projeto sombra (The Shadow Project) de Teresa D’Elia. Canadá, 2020. Documentário experimental. 5’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + Miyako (Miyako) de Maria Victoria Sanchez Lara e Ari Beser. Estados Unidos e Japão, 2020. Documentário animação. 5’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + Acobertamento atômico (Atomic Cover-up) de Greg Mitchell e Suzanne Mitchell. Estados Unidos, 2021. Documentário, 52’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + Namíbia, Brasil de Miguel Silveira e Elias Lopez-Trabada. Brasil, 2006. Com Ronnie Marruda, Namibia Rodrigues, Igor Orlando. 10’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos. Sessão com a presença do diretor Miguel Silveira. 

SÁB 21 MAIO . 17h 
International Uranium Film Festival
Programa – A questão nuclear. Bate papo com o Embaixador Sérgio de Queiroz Duarte.  Sobre o risco de uma guerra nuclear. Como diplomata de carreira, Sérgio Duarte foi embaixador do Brasil na Nicarágua, Canadá, China e Áustria. Representou o Brasil na Agência Internacional de Energia Atômica de 1999 a 2002. Presidiu a Conferência de Exame do Tratado de Proibição de Armas Nucleares (TNP), em 2005. Foi Alto Representante da ONU para Assuntos de Desarmamento de 2007 a 2012. Atualmente é Presidente da organização não governamental Pugwash, fundada pelo filósofo Bertrand Russell e pelo físico Joseph Rotblat, em 1957, e ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, em 1995. Autor do livro “Desarmamento e temas correlatos”. Mediação de Márcia Gomes de Oliveira.

DOM 22 MAIO . 15h
International Uranium Film Festival
Programa – Barragens radioativas. África do Sul: vilarejos tóxicos (Afrique du Sud: Townships Toxiques) de Martin Boudot. França, 2018. Documentário, 53’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + Bretanha radioativa (Bretagne Radieuse) de Larbi Benchiha. França, 2019. Documentário. 52’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos. 

DOM 22 MAIO . 17h
International Uranium Film Festival
Programa – Barragens radioativas. Na sombra do Tugtupite (In the Shadow of the Tugtupite) de Inuk Jørgensen. Groenlândia, 2020. Documentário. 7’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Urânio amaldiçoado (L’uranium de la Colère) de Martin Boudot. França, 2021. Documentário. 50’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + O retorno do menino Navajo (The Return of Navajo Boy – update!) de Jeff Spitz. Estados Unidos, 2000/2011. 71’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos.

QUI 26 MAIO . 15h30
International Uranium Film Festival
Programa – Guerra Nuclear. Quarta Guerra Mundial – o corte do realismo (World War 4 – the Realism cut) de A.K. Strom. Com Campbell Rousselle e Graham Vincent. Nova Zelândia, 2022. 87’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos. 

QUI 26 MAIO . 17h30
International Uranium Film Festival
Programa – Guerra Nuclear. O porão (지하실) de Choi Yang Hyun. Coreia do Sul, 2020. 94’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos.

QUI 26 MAIO . 19h30
International Uranium Film Festival
Programa – Legados dos testes de bombas atômicas. Robot Monster Us de Lynn Dana Wilton. Canadá, 2014. Animação. 22’’. Exibição em MP4(h264) + O que os viajantes dizem sobre Jornada Del Muerto (What travelers are saying about Jornada del Muerto) de Hope Tucker. Estados Unidos, 2021. Documentário experimental. 14’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + Filhos da confiança estratégica (Children of Strategic Trust) de Stacy Libokmeto. Estados Unidos, 2011, Documentário, 25’. Legendas em português. + Ciganos do mar: a cúpula de plutônio (Sea Gypsies: The Plutonium Dome) de Nico Edwards. República das Ilhas Marshall, 2021. Documentário. 35’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos. Sessão com a presença do veterano estadunidense Paul Griego (a confirmar)

SEX 27 MAIO . 15h
International Uranium Film Festival
Programa – Diretoras atômicas premiadas. Stalking Chernobyl: exploração após o apocalipse (Stalking Chernobyl: Exploration After Apocalypse) de Iara Lee. Ucrânia, Estados Unidos, Bulgária e Eslováquia, 2020. Documentário. 57’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). + Mães atômicas refugiadas (Atomic Refugee Moms) de Ayumi Nakagawa. Japão, 2018. Documentário. 65’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos. 

SEX 27 MAIO . 17h30
International Uranium Film Festival
Programa – Diretoras atômicas premiadas. Poeira perturbadora (Unsettling Dust) de Tineke van Veen e Barbara Prezelj. Países Baixos, 2021. 9’. Legendas em português. Exibição em MP4(h264) + A Ilha invisível (L’Ile Invisible) de Keiko Courdy. França, 2021. Documentário, 87’. Legendas em português.  Exibição em MP4(h264). Classificação indicativa 14 anos. 4 

SEX 27 MAIO . 19h30
International Uranium Film Festival
Programa – Diretoras atômicas premiadas. Valentes (Balentes: I Coraggiosi) de Lisa Camillo. Austrália e Itália, 2018. Documentário. 84’. Legendas em português. Exibição em MP4 (h264). Classificação indicativa 14 anos.

SÁB 28 MAIO . 15h
International Uranium Film Festival
Programa – 35 anos do acidente com o césio 137 em Goiânia. Segurança nuclear de Norbert G. Suchanek. Brasil, 2019. Documentário. 10’. + Para não esquecer de Gabriel Leal. Brasil, 2022. Documentário. 40’. Classificação indicativa 14 anos. Estreia Mundial do filme. Sessão com a participação de Odesson Alves Ferreira, vítima direta do acidente com o césio 137, em Goiânia, 1987. 

SÁB 28 MAIO . 17h
International Uranium Film Festival
Programa – Bombas atômicas perdidas. Janeiro de 66 (Enero del 66) de Jaime García Parra. Espanha, 2022. Com Quique Durio, Mar Galera, Alex Navarro, Jesús Herrera, Pedro López, Juan Ángel Pérez, Carmen Peña, Carlos Juan. 14’. Legendas em português. + Operação flecha quebrada. Acidente nuclear em Palomares (Operación Flecha Rota. Accidente nuclear en Palomares) de José Herrera Plaza. Espanha, 2007. Documentário. 96’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos. Sessão com as participações dos realizadores José Herrera Plaza e Jaime García Parra

SEX 29 MAIO . 15h
International Uranium Film Festival
Programa – Um século de radioatividade. Nosso amigo, o átomo: um século de radioatividade (Notre ami l’atome: Un siècle de radioactivité) de Kenichi Watanabe. França, 2020. Documentário. 56’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos. 

SEX 29 MAIO . 16h10
International Uranium Film Festival
Sessão de premiação. Vale dos Deuses (Dolina Bogów) de Lech Majewski. Polônia e Luxemburgo, 2019. Com Josh Hartnett, John Malkovich, John Rhys-Davies, Bérénice Marlohe. 126’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos. Com participação de Lech Majewski.

_

CINEMATECA ONLINE
Programação gratuita em www.vimeo.com/channels/cinematecadomam

MAIO 2022

Danddara – autoimagem de uma cineasta negra

Seleção de curtas dirigidos pela cantora, performer e cineasta Ana Carvalho Rodrigues, mais conhecida como Danddara. Precursora de um cinema negro feminino no século XXI, quando esse espaço de criação se firma no Brasil, Danddara explora sobretudo as sonoridades e os elementos  cotidianos do universo do samba carioca.

SEG 2 – DOM 15 MAIO
Danddara – Autoimagem de uma cineasta negra. Desaparecidos de Danddara. Brasil, 2017. Documentário. Com Danddara. 15′. Classificação indicativa 14 anos

Pré-estreia. Rubens Gerchman:
SEX 13 – QUI 19 MAIO
Pré-estreia. Rubens Gerchman: o rei do mau gosto de Pedro Rossi. Brasil, 2022. Documentário. 77’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 12 anos.

SEG 16 – DOM 22 MAIO
Danddara – Autoimagem de uma cineasta negra. Cinema de preto de Danddara. Brasil, 2004. Documentário. 11’. Classificação 12 anos

SEG 23 – DOM 29 MAIO
Danddara – Autoimagem de uma cineasta negra. Gurufim na Mangueira de Danddara. Brasil, 2000. Com Ivo Meirelles, Thalma de Freitas, Silvio Guindane. 26’. Classificação indicativa 12 anos.

Anita Loos, a primeira roteirista da América (Continuação)

Roteirista, dramaturga, romancista: Anita Loos foi uma escritora multiforme e uma verdadeira pioneira: primeira mulher a ter um roteiro seu filmado em Hollywood (O chapéu de Nova York, de D.W. Griffith), primeira roteirista mulher com contrato fixo e primeira pessoa a conceber os intertítulos do cinema mudo de forma mais expressiva (são dela os intertítulos de Intolerância, obra-prima de Griffith, de 1917). Fez roteiros para filmes de Victor Fleming, Allan Dwan, John Emerson (seu marido), entre outros. Foi autora do romance best-seller “Os homens preferem as louras” e uma impecável observadora do consumismo e da futilidade da sociedade estadunidense. A Cinemateca do MAM exibe online uma seleção de filmes roteirizados por ela no período do cinema silencioso.

TER 3 – SEG 9 MAIO

Anita Loos, a primeira roteirista da América. Sua fotografia nos jornais (His Picture in the Papers), de John Emerson. EUA, 1916. Com Douglas Fairbanks, Clarence Handyside, Rene Boucicault. 62’.

International Uranium Film Festival

Assista em: vimeo.com/showcase/uranium2022

QUI 19 – DOM 29 MAIO

International Uranium Film Festival. África do Sul: vilarejos tóxicos (Afrique du Sud: Townships Toxiques) de Martin Boudot. França, 2018. Documentário. 53’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Bretanha radioativa (Bretagne Radieuse) de Larbi Benchiha. França, 2019. Documentário. 52’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Como o povo da Áustria disse não ao nuclear (Atomlos durch die macht) de Markus Kaiser-Mühlecker. Áustria, 2019. Documentário. 74’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Ciganos do mar: a cúpula de plutônio (Sea Gypsies: The Plutonium Dome) de Nico Edwards. República das Ilhas Marshall, 2021. Documentário. 35’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Depois do dia seguinte (After the Day After) de Nathan Meltz. Estados Unidos, 2011. Animação experimental. 6’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Filhos da confiança estratégica (Children of Strategic Trust ) de Stacy Libokmeto. Estados Unidos, 2011, Documentário. 25’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Fotografia & radiação (Photography & Radiation) de Jesse Andrewartha. Canadá, 2018. Documentário. 15’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Janeiro de 66 (Enero del 66) de Jaime García Parra. Espanha, 2022. Com Quique Durio, Mar Galera, Alex Navarro, Jesús Herrera, Pedro López, Juan Ángel Pérez, Carmen Peña, Carlos Juan.14’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos. (A CONFIRMAR)

International Uranium Film Festival. Medo à flor da pele (Peur à fleur de peau) de Franck Sanson. França, 2020. Documentário. 55’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Miyako (Miyako) de Maria Victoria Sanchez Lara e Ari Beser. Estados Unidos e Japão, 2020. Documentário/Animação. 5’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Mustangs e Renegades (Mustangs & Renegades) de James Anaquad Kleinert. Estados Unidos, 2020. Documentário. 127’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Na sombra do Tugtupite (In the Shadow of the Tugtupite) de Inuk Jørgensen. Groenlândia, 2020. Documentário. 7’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Namíbia, Brasil de Miguel Silveira e Elias Lopez-Trabada. Brasil, 2006. Com Ronnie Marruda, Namibia Rodrigues, Igor Orlando. 10’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Nosso amigo, o átomo: um século de radioatividade (Notre ami l’atome: Un siècle de radioactivité) de Kenichi Watanabe. França, 2020. Documentário. 56’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos

International Uranium Film Festival. O jardim (The Garden) de Bill McCarthy. Estados Unidos, 2021. Animação. 7’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. O porão (지하실) de Choi Yang Hyun. Coreia do Sul, 2020. Ficção. 94’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. O que os viajantes dizem sobre Jornada Del Muerto (What travelers are saying about Jornada del Muerto) de Hope Tucker. Estados Unidos, 2021. Documentário experimental. 14’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. O retorno do menino Navajo (The Return of Navajo Boy – update!) de Jeff Spitz. Estados Unidos, 2000/2011. 71’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Operação flecha quebrada. Acidente nuclear em Palomares (Operación Flecha Rota. Accidente nuclear en Palomares) de Jose Herrera Plaza. Espanha, 2007. Documentário. 96’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Para não esquecer de Gabriel Leal. Brasil, 2022. Documentário. 40’. Classificação indicativa 14 anos. Estreia Mundial.

International Uranium Film Festival. Poeira perturbadora (Unsettling Dust) de Tineke van Veen e Barbara Prezelj. Países Baixos, 2021. 9’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Projeto sombra (The Shadow Project) de Teresa D’Elia. Canadá, 2020. Documentário experimental. 5’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Quarta Guerra Mundial – o corte do Realismo (World War 4 – the Realism cut) de A.K. Strom. Com Campbell Rousselle e Graham Vincent. Nova Zelândia, 2022. Ficção. 87’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Sam e a usina nuclear ao lado (Sam and the plant next door) de Ömer Sami. Dinamarca e Reino Unido, 2019. Com John Chedgey, Sam Chedgey e Jimi Law. 23’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Stalking Chernobyl de Iara Lee. Ucrânia, Estados Unidos, Bulgária e Eslováquia, 2020. Documentário. 57’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Totem & Minério (Totem & Ore) de John Mandelberg. Austrália, 2019. Documentário. 97’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Transmutações: visualizando a matéria (Transmutations: Visualizing Matter) de Jesse Andrewartha. Estados Unidos e Canadá, 2021. Documentário. 70’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Urânio amaldiçoado (L’uranium de la Colère) de Martin Boudot. França, 2021. Documentário. 50’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Urânio: torcendo a cauda do dragão. Episódio 1: a rocha que se tornou uma bomba (Uranium: Twisting the Dragon’s Tail: Ep.1 – The Rock that Became a Bomb) de Wain Fimeri. Austrália, 2015. Documentário. 51’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Valentes (Balentes: I Coraggiosi) de Lisa Camillo. Austrália e Itália, 2018. Documentário. 84’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

International Uranium Film Festival. Vizinho tóxico (Toxic Neighbour) de Colin Scheyen. Canadá, 2021. Documentário. 25’. Legendas em português. Classificação indicativa 14 anos.

DEBATE

SEX 23 MAIO . 16h (YouTube e Facebook do MAM Rio)

International Uranium Film Festival. Encontro inédito reunindo representantes de povos originários do Brasil e dos Estados Unidos. O povo Navajo que vive há mais de 40 anos com a herança radioativa da mineração de urânio e povos indígenas do Ceará que estão em risco de conviver com a mineração de urânio. Com a participação de Elsie Begay (Navajo), John Cly (Navajo), Elvis Tabajara, Tekka Potyguara, Jardel Potyguara e Toinho Gavião. Mediação de Jeff Spitz (Estados Unidos) e Miguel Silveira (Brasil).

_

A Cinemateca do MAM é patrocinada pela Samambaia Filantropias.

Informações: