6 de maio de 2020
Este mês | Meses anteriores | A seguir

JULHO 2022

Programação presencial no Auditório Cosme Alves Netto e online no canal do MAM Rio no Vimeo
_

PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL
AUDITÓRIO COSME ALVES NETTO

SEX 1 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Cristais do tempo (Time Crystals) de Abinadi Meza. Estados Unidos, 2021. 6’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). (Première Brasileira) + Há muito tempo não tenho medo de ficar cego (I Have Not Been Afraid of Going Blind for a Long Time) de Yannick Mosiman. Suíça, 2022. 134’. Legendas em Portugês. Exibição em MP4 (H264). (Première Mundial). Classificação indicativa 14 anos

SEX 1 JUL . 17h
6° Festival ECRÃ. SON CHANT (SON CHANT) de Vivian Ostrovsky. Estados Unidos, 2020. 12’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). + Do absoluto nada e imenso azul (Out of the Blue) de Holly Fisher. Estados Unidos, 2021. 90’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première mundial). Classificação indicativa 10 anos

SEX 1 JUL . 20h
6° Festival ECRÃ. Sessão de Abertura. Inferno remix (inferno remix) de Natália Reis. Brasil, 2022. 8’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). + Um pequeno pacote de amor (A Little Love Package) de Gastón Solnicki. Áustria, 2022. 81’. Legendas em português. Exibição em DCP. (Première Latina). Classificação indicativa 14 anos. Sessão seguida de debate com Natália Reis e Gastón Solnicki. Mediação de Pedro Butcher. Sessão precedida de coquetel.

SÁB 2 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Orgulho (Pride) de Kevin Jerome Everson e Claudrena N. Harold. Estados Unidos, 2021. 7’. Legendas em portugûes. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). + Lago Gatún (Lago Gatún) de Kevin Jerome Everson. Estados Unidos, 2022. 60’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première latina) . Classificação indicativa livre

SÁB 2 JUL . 16h
6° Festival ECRÃ. A Ilha de Podesta (Podesta Island) de Stéphanie Roland. França, Bélgica e Micronésia, 2021. 24’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). . + O sonho e o rádio (Le rêve et la radio) de Renaud Després-Larose e Ana Tapia Rousiouk. Canadá, 2022. 135’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). Classificação indicativa 14 anos

SÁB 2 JUL . 19h
6° Festival ECRÃ. Eternidade em loop (Eternidade em loop) de Isabela Costa. Brasil, Estados Unidos, 2021. 12’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Rio de Janeiro) + Cantochão (Cantochão) de Vinícius Romero. Brasil, 2022. 62’. Exibição em MP4 (H.264) (Première Mundial). Classificação indicativa livre. Sessão seguida de debate com Isabela Costa e Vinicius Romero.Mediação: Gabriel Linhares Falcão

DOM 3 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. O crepúsculo de Purkyne (Purkyne’s Dusk) de Helena Gouveia Monteiro. Irlanda e França, 2021. 10’. Legendas em portugês. Exibição em MP4 (H.264). (Première latina). + Inverno (Zuma) de Vadim Kostrov. Rússia, 2021. 91’.  Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina).Classificação indicativa 14 anos

DOM 3 JUL . 16h
6° Festival ECRÃ. Terra devastada #3 – luas, filhos (Wasteland #3 – Moons, Sons) de Jodie Mack. Estados Unidos, 2021. 5’. Legendas e português. Exibição em MP4 (H.264) (Première Latina). + O amparo do céu (Al Amparo del Cielo) de Diego Acosta. Chile, 2021. 68’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première brasileira). Classificação indicativa 10 anos

DOM 3 JUL . 17h30
6° Festival ECRÃ. Anastática (Anastatica) de Juana Robles. Irlanda, 2021. 34’. Legendas em portugûes. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). + Coisas a vir (Things to Come) de Ken Jacobs. Estados Unidos, 2022. 40’. Legendas em portugûes. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 16 anos

DOM 3 JUL . 19h
6° Festival ECRÃ. Curupira e a máquina do destino (Curupira e a máquina do destino) de Janaina Wagner. Brasil, 2022. 25’. Exibição em MP4 (H.264). + Caixa preta (Caixa Preta) de Saskia e Bernardo Oliveira. Brasil, 2022. 51’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 14 anos. Sessão seguida de debate com Janaina Wagner e Bernardo Oliveira. Mediação: Keyna Eleison.

SEG 4 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Eternidade em loop (Eternidade em loop) de Isabela Costa. Brasil, Estados Unidos, 2021. 12’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Rio de Janeiro) + Cantochão (Cantochão) de Vinícius Romero. Brasil, 2022. 62’. Exibição em MP4 (H.264) (Première Mundial). Classificação indicativa Livre

SEG 4 JUL . 15h30
6° Festival ECRÃ. Vida instantânea (Instant Life) de Anja Dornieden, Juan David Gonzalez Monroy e Andrew Kim. Alemanha e Estados Unidos, 2022. 27’ Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). + Uma história de uma nação (Uma história de uma nação) de Júlio F.R Costa. Portugal, 2022. 65’. Exibição em MP4 (H.264). (Première mundial). Classificação indicativa 12 anos.

SEG 4 JUL . 17h30
6° Festival ECRÃ. Moune Ô (Moune Ô) de Maxime Jean-Baptiste. Bélgica e Guiana Francesa, 2022. 17’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264).  + Sol no escuro (Sol in the dark) de Mawena Yehouessi. França, 2022.52’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première latina). Classificação indicativa 16 anos

SEG 4 JUL . 19h
6° Festival ECRÃ. Sycorax (Sycorax) de Lois Patiño e Matias Piñeiro. Portugal, 2021. 20’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina) + Cinéfilos (Los Visionadores) de Néstor Frenkel. Argentina, 2021. 52’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Brasileira). Classificação indicativa 16 anos

TER 5 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Park Slope (Park Slope) de Felipe André Silva. Brasil, 2021. 18’. Exibição em MP4 (H.264) + Infinito ábaco (Infinito Ábaco) de Bruno Pires. Brasil, 2022. 65’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 14 anos

TER 5 JUL . 16h
6° Festival ECRÃ. Há algo além do horizonte (Há Algo Além do Horizonte) de Marcos Paulo Alcântara. Brasil, 2022. 33’.Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial) + Guardiões da eternidade (The Timekeepers of Eternity) de Aristotelis Maragkos. Grécia, 2021. 63’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). Classificação indicativa 18 anos

TER 5 JUL . 18h
6° Festival ECRÃ. Blissed (Blissed) de Maximilian Le Cain. Irlanda, 2022. 74’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). Classificação indicativa 18 anos

QUA 6 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Yacht Trip (Yacht Trip) de Paula Mermelstein. Brasil, 2022. 8’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial) + 相 Xiàng (相 xiàng) de Vitória Severo. Brasil, 2022. 121’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial) Classificação indicativa Livre

QUA 6 JUL . 16h30
6° Festival ECRÃ. Oceano análogo (El Oceano Analogo) de Luis Macias. Espanha e México, 2022. 9’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina) + Mar de sussurros (Sea Of Sighs) de J.M. Martínez. Estados Unidos, 2022. 6’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Internacional) + Kinorama (Kinorama) de Edgar Pêra. Portugal, 2022. 62’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). Classificação indicativa 14 anos

QUA 6 JUL . 18h30
6° Festival ECRÃ. Morte por fantasia e espelhos (Death by fantasies by mirrors) de Charlotte Clermont. Canadá, 2022. 13’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264) (Première Internacional). + Animal macula (Animal Macula) de Sylvain L’Ésperance. Canadá, 2021. 81’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). Classificação indicativa 10 anos

QUI 7 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Criando cenas do crime (The Making of Crime Scenes) de Hsu Che-Ye.  Taiwan e França, 2022. 22’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). + Um filme feito em casa (A Homemade Movie) de Andrew Power. Reino Unido, 2022. 74’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 14 anos

QUI 7 JUL . 16h
6° Festival ECRÃ. Espectro restauración (Espectro Restauración) de Felippe Schultz Mussel. Brasil, 2022. 7’.Exibição em MP4 (H.264). + Sinfonia do fim do mundo (Sinfonia do Fim do Mundo) de Isabella Raposo e Thiago Brito. Brasil, 2022. 77’. Exibição em DCP. (Première Mundial). Classificação indicativa 10 anos

QUI 7 JUL . 18h10
6° Festival ECRÃ. Cristais do tempo (Time Crystals) de Abinadi Meza. Estados Unidos, 2021. 6’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264) (Première Brasileira) + Há muito tempo não tenho medo de ficar cego (I Have Not Been Afraid of Going Blind for a Long Time) de Yannick Mosiman. Suíça, 2022. 134’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 14 anos

QUI 7 JUL . 21h 
6° Festival ECRÃ. Ir-se (Ir-se) de Igor Corrêa e Carlos Laerte. Brasil, 2021. Performance (Vídeo-Performance + Live Performance) com Romec e Willow Kohlrausch. 30’. Classificação indicativa 12 anos. Sessão apresentada por  Igor Corrêa e Carlos Laerte.

SEX 8 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Solmatalua (Solmatalua) de Rodrigo Ribeiro-Andrade. Brasil, 2022. 15’. Exibição em MP4 (H.264) + Diários de uma paisagem (Diários de Uma Paisagem) de Anne Santos, Gabraz Sanna. Brasil, 2022. 51’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 12 anos

SEX 8 JUL . 15h30
6° Festival ECRÃ. Abismo (Abyss) de Jeppe Lange. Dinamarca, 2022. 13’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial) + Diário de luta (Tugging Diary) de Yan Wai-Yin. Hong Kong, 2021. 16’.  Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina) + Tug (Higit) de Jon Lazam. Filipinas, 2021.70’.Silencioso. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). Classificação indicativa 10 anos

SEX 8 JUL . 17h30
6° Festival ECRÃ. Orgulho (Pride) de Kevin Jerome Everson e Claudrena N. Harold. Estados Unidos, 2021. 7’. Legendas em portugûes. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). + Lago Gatún (Lago Gatún) de Kevin Jerome Everson. Estados Unidos, 2022. 60’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina) . Classificação indicativa livre

SEX 8 JUL . 19h
6° Festival ECRÃ. Laika (Laika) de Deborah Stratman. Estados Unidos, 2022. 4’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina) + Os Estados Unidos da América (The United States of America) de James Benning. Estados Unidos, 2022. 97’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina). Classificação indicativa 10 anos. Sessão apresentada por James Benning

SÁB 9 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. SON CHANT (SON CHANT) de Vivian Ostrovsky. Estados Unidos, 2020. 12’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). + Do absoluto nada e imenso azul (Out of the Blue) de Holly Fisher. Estados Unidos, 2021. 90’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 10 anos

SÁB 9 JUL . 16h30
6° Festival ECRÃ. Castelo da Xelita (Castelo da Xelita) de Lara Ovídio. Brasil, 2022. 12’. Exibição em MP4 (H.264). + Filme particular (Filme Particular) de Janaína Nagata. Brasil, 2022. 90’. Exibição em MP4 (H.264). Classificação indicativa 10 anos

SÁB 9 JUL . 19h
6° Festival ECRÃ. Eu pensava o mundo de você (I Thought the World of You) de Kurt Walker. Canadá, 2022. 17’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina) + Lake Forest Park (Lake Forest Park) de Kersti Jan Werdal. Estados Unidos, 2021. 60’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264).  (Première Brasileira). Classificação indicativa 14 anos

DOM 10 JUL . 14h
6° Festival ECRÃ. Notas periféricas (Notes from the Periphery)  de Tulapop Saenjaroen.  Tailândia e Reino Unido, 2021. 14’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Latina) + As fitas de turismo de Denver (Denver Tourism Tapes) de Mike Schwanke. Estados Unidos, 2022. 95’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 12 anos

DOM 10 JUL . 16h30
6° Festival ECRÃ. Anastática (Anastatica) de Juana Robles.Irlanda, 2021. 34’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial) + Coisas a vir (Things to Come) de Ken Jacobs. Estados Unidos, 2022. 40’. Silencioso. Exibição em MP4 (H.264). (Première Mundial). Classificação indicativa 16 anos

DOM 10 JUL . 18h30
6° Festival ECRÃ. Sessão de encerramento. Memorial Maracanã (Memorial Maracanã) de Darks Miranda e Pedro França. Brasil, 2021.3’. Exibição em MP4 (H.264). (Première Internacional) + Extremo Ocidente (Extremo Ocidente) de João Pedro Faro. Brasil, 2022. 70’. Exibição em MP4 (H.264). Classificação indicativa 16 anos. Sessão seguida de debate com Darks Miranda (Luísa Marques) e João Pedro Faro. Mediação: Duda Kuhnert

DOM 10 JUL . 20h30 
6° Festival ECRÃ. Lilien (Lilien) de Livia Massei. Brasil, 2021. Performance ao vivo. Vídeo e Dança. 50’. Classificação 18 anos

TER 12 JUL . 18h30
Pré-estreia. A lasanha assassina de Ale McHaddo. Brasil, 2021. Animação. 80’. Exibição em DCP. Classificação indicativa livre

QUA 13 JUL . 18h30
Pré-estreia O cerco de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola. Brasil, 2021. Com Liliane Rovaris, Geovanna Lopes, Marco Lopes, Matheus Lopes, Alberto Moura e Breno Nina. 87’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos. Sessão seguida de conversa com os realizadores.

QUI 14 JUL 15h 
Em cartaz. O cerco de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola. Brasil, 2021. Com Liliane Rovaris, Geovanna Lopes, Marco Lopes, Matheus Lopes, Alberto Moura e Breno Nina. 87’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos. 

QUI 14 JUL 17h
Em cartaz. Cadê Edson? de Dácia Ibiapina. Brasil, 2019. Documentário. 73’. MP4 (H264).Classificação indicativa 14 anos

QUI 14 JUL . 18h30
Sessão especial. Nos olhos de quem vê de Catharina Felix. Brasil, 2022. Com Julia Johnson, Ana Skaf, Pedro Torquilho e Manu Hashimoto. 25’.  Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos

SEX 15 JUL . 15h
Em cartaz. Cadê Edson? de Dácia Ibiapina. Brasil, 2019. Documentário. 73’. MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos

SEX 15 JUL . 17h
Em cartaz. O cerco de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola. Brasil, 2021. Com Liliane Rovaris, Geovanna Lopes, Marco Lopes, Matheus Lopes, Alberto Moura e Breno Nina. 87’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos. 

SEX 15 JUL . 18h30 
Do gênesis ao apocalipse. Um espetáculo de Lanterna Mágica com ilustrações coloridas de Gustave Doré e trilha sonora de Djalma Corrêa. 80’.  Espetáculo apresentado por Djalma Correia e seguido de conversa. Classificação indicativa 12 anos

SAB 16 JUL . 16H30
Histórias urbanas. A cidade como inspiração, motivo e imaginação. Panorama. Parte 1. A cidade (The City) de Dirk Koy. Suiça, 2010. 4’9’’. + Babel (Babel) de Peter Aerschmann. 2012. Silencioso. 4’. + CGH-SDU: homenagem à mínima informação de Giselle Beiguelman. Brasil, 2010. 5’5’’. + 302 (302) de Doris Schmid. Suiçã, 2015/2016. 5’02” + Transições (Transitions) de Aurèle Ferrier. Suiça, 2017. 12’50” + Johnny Guitar (Johnny Guitar) de Nicole Hoesli. Suiça, 2010/2011. 4’22” + Não temer de Marcos Chaves. Brasil, 2016. 1’14” + Puta europeia – Ei (Eurobitch – Hey) de Daria Blum. Experimental, 2017. 4’37” + Sou uma bomba (Je suis une bombe) de Elodie Pong Je suis une bombe (Sou uma bomba), 2006. 6’38 + Caminhar pela cidade (City Walking) de Peter Aerschmann. Suiça, 2005. Animação. 30”. + O curso das coisas (The Course of Things ) de collectif_fact. Suiça, 2012. + Vidas de cachorros (Vies de chiens) de Georgette Maag. Suiça, 2001 (da série Vies de chiens).  1’39” + Mas eu, eu não vou voltar (But I, I will not return) de Marianne Halter. 2008. 12’10”+ O Espelho e a tarde de Dias & Riedweg. Brasil, 2011. 8’42” + A noite da mulher (Woman Night) de Catherine Gfeller. 2018.  4’57”. + Os sons da cidade (The Sounds of the City) de Françoise Caraco. Suiça, 2019. 3’23”. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos. 

SAB 16 JUL . 16H30
Histórias urbanas. A cidade como inspiração, motivo e imaginação. Panorama. Parte 2. Eu só vendo a vista de Marcos Chaves. Brasil, 1997/2019. 1’30’’ +  Atravessando (Crossing) de Kika Nicolela. 2003. 9’. + Trilogia de Calcutá (Kolkasta Trilogy) de Chalet5. 2011/2019. 4’40”. + Mormaço (Mormaço) de Silvan Kälin. 9’. + 64m2 (64m2) de Peter Aerschmann. 2016. 30”. + Linha do tempo (Timeline) de Christoph Oertli. 2014. 9’ + A estrela no céu, você e eu (Ngôi São Anh Và Em) de Quynh Dong. 2010. 3’37”. + Ilha Picnic (Picnic Island) de Susanne Hofer. 2018. 2’26” + Escada rolante (Escalator) de Marcos Chaves. 2018. 1’ + Neutralidade como agente – confidencial (Neutrality as an Agent – Confidential) de Denise Bertschi. 2018. 10’42” + Cruzamento de um corpo horizontal com um vertical (Crossing of a Horizontal Body with a Vertical One) de Veronika Spierenburg. 2011. 12’. A GENTE NÓS ELES (US WE THEY) de Seline Baumgartner. 2019. 11’. + Olhos (Eyes) de Peter Aerschmann. 2006. 30”. + Futuro eu (Future Me) de Lena Maria Thüring. 2016. 11’49” + Fine de Marianne Halter e Mario Marchisella. 2017. 4’33”. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos. 

DOM 17 JUL . 15h 
Estudos vivos com Aline Motta e Juliano Gomes.

DOM 17 JUL . 17h30 
Gêneros ao Redor do Mundo – Musical Alexandria… por quê? (Iskanderija… lih?) de Youssef Chahine. Egito, 1979. Com Mohsen Mohieddine, Naglaa Fathi, Ahmed Zaki. 133’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 16 anos.

TER 19 JUL . 18h
Histórias urbanas. A cidade como inspiração, motivo e imaginação. FOCUS — Exibições individuais e conversas com os artistas. Conversa com Veronika Spierenburg. Classificação indicativa 14 anos

QUA 20 JUL . 18h
Histórias urbanas. A cidade como inspiração, motivo e imaginação. FOCUS — Exibições individuais e conversas com os artistas. Conversa com Marcos Chaves. Classificação indicativa 14 anos

QUI 21  JUL . 14h 
Em cartaz. Cadê Edson? de Dácia Ibiapina. Brasil, 2019. Documentário. 73’. Classificação indicativa 14 anos

QUI 21 JUL . 16h
Em cartaz. O cerco de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola. Brasil, 2021. Com Liliane Rovaris, Geovanna Lopes, Marco Lopes, Matheus Lopes, Alberto Moura e Breno Nina. 87’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos. 

QUI 21 JUL . 18h
Histórias urbanas. A cidade como inspiração, motivo e imaginação. FOCUS — Exibições individuais e conversas com os artistas. Conversa com Dias & Riedweg. Classificação indicativa 14 anos

SEX 22 JUL . 15H
Em cartaz. O cerco de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola. Brasil, 2021. Com Liliane Rovaris, Geovanna Lopes, Marco Lopes, Matheus Lopes, Alberto Moura e Breno Nina. 87’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos. 

SEX 22 JUL . 17h
Em cartaz. Cadê Edson? de Dácia Ibiapina. Brasil, 2019. Documentário. 73’. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos

SEX 22 JUL . 18h30
Uma década sem Carlão. O bom cinema, de Eugenio Puppo. Brasil, 2021. Documentário. 81’. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 12 anos.

SAB 23 JUL . 15h
Uma década sem Carlão. Garotas do ABC, de Carlos Reichenbach. Brasil, 2004. Com Michelle Valle, Natália Lorda, Vanessa Alves, Luciele di Camargo. Exibição em 35mm. 125’. Classificação indicativa 16 anos.

SAB 23 JUL . 17h15
Uma década sem Carlão. Falsa loura, de Carlos Reichenbach. Brasil, 2007. Com Rosane Mulholland, Cauã Reymond, Maurício Mattar, Djin Sganzerla. 105’. Exibição em 35mm + Equilíbrio e graça, de Carlos Reichenbach. Brasil, 2002. Com Plínio Soares, Masamitsu Adache. 10’. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 16 anos

SAB 23 JUL . 19h20
Gêneros ao Redor do Mundo – Artes Marciais O espadachim solitário (Bao biao) de Chang Cheh. Hong Kong, 1969. Com Li Chang, David Chiang e Ti Lung. 102’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos.

DOM 24 JUL . 14h
Mostra Visual dos vídeos produzidos durante o curso sobre Alwin Nikolais. Resíduo (pares no lixo e no luxo) de Lu Grimaldi. Brasil, 2020. Documentário. 20’. Exibição em mp4 (H.264).+ Bicicleta em movimento de Rocio Infante e Gabriela Velasco. Brasil e Alemanha, 2021. Experimental. 26’. Exibição em mp4 (H.264).+ Escuridão e brilho (Dark and Brightness) de Alberto Del Saz. Estados Unidos, 2021. Video Dança. 4’26’’. Exibição em mp4 (H.264).+ Edge expert de Alberto Del Saz. EUA, 2022. Documentário. 3’19’’. Exibição em mp4 (H.264).+ Estrutura de Ilka Nagamine. Brasil, 2020. Video Dança. 3’. Exibição em mp4 (H.264). + A jogada de Sheyla Klautau. Brasil, 2020. Vídeo dança. 3’. Exibição em mp4 (H.264). Classificação indicativa 12 anos

DOM 24 JUL . 15h
Uma década sem Carlão. Orgia ou o homem que deu cria, de João Silvério Trevisan. Brasil, 1970. Com Antônio Vasconcellos, Cláudio Mamberti, Fernando Benini, Jairo Ferreira. 92’. Exibição em mp4 (H.264). Classificação indicativa 18 anos.

DOM 24 JUL . 17h 
Aconteceu 100 Anos Atrás. Fantasma (Phantom) de F.W. Murnau. Alemanha, 1922. Com Alfred Abel, Frida Richard, Aud Egede-Nissen. 125’. Legendas em português. Exibição em mp4 (H.264). Classificação indicativa livre.

TER 26 JUL . 18h30
Uma década sem Carlão. Garotas do ABC (cópia de trabalho) de Carlos Reichenbach. Brasil, 2004. Com Michelle Valle, Natália Lorda, Vanessa Alves, Luciele di Camargo. 160’. Exibição em DVD. Classificação indicativa 16 anos. 

QUA 27 JUL . 18h30 
Uma década sem Carlão. Falsa Loura (cópia de trabalho) de Carlos Reichenbach. Brasil, 2007. Com Rosane Mulholland, Cauã Reymond, Maurício Mattar, Djin Sganzerla. 125’. Exibição em DVD. Classificação indicativa 16 anos.

QUI 28 JUL . 15h 
Em cartaz. O cerco de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola. Brasil, 2021. Com Liliane Rovaris, Geovanna Lopes, Marco Lopes, Matheus Lopes, Alberto Moura e Breno Nina. 87’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos. 

QUI 28 JUL . 17h
Em cartaz. Cadê Edson? de Dácia Ibiapina. Brasil, 2019. Documentário. 73’. MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos

QUI 28 JUL . 18h30 
Caro Pier Paolo. Anotações para filmar orestes na África (Appunti per un’Orestiade Africana) de Pier Paolo Pasolini. Itália, 1970. Documentário. 73’. Legendas em português. Exibição em MP4 (H264)

SEX 29 JUL . 15h 
Em cartaz. Cadê Edson? de Dácia Ibiapina. Brasil, 2019. Documentário. 73’. MP4 (H264). Classificação indicativa 14 anos

SEX 29 JUL . 17h
Em cartaz. O cerco de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola. Brasil, 2021. Com Liliane Rovaris, Geovanna Lopes, Marco Lopes, Matheus Lopes, Alberto Moura e Breno Nina. 87’. Exibição em DCP. Classificação indicativa 16 anos. 

SEX 29 JUL . 19h
Pré-estreia. EBA cigana de Pedro Pinto Bravo. Brasil, 2022. Com Pedro Pinto Bravo, Edwin Mattos, Lúcio de Salles, Big Jaum, Camille Larrúbia, Pedro Henri, Leandro Ignácio, Enéas Valle. Exibição em MP4 (H.264). Classificação indicativa 18 anos.

SAB 30 JUL . 15h
Uma década sem Carlão. Snuff, vítimas do prazer, de Cláudio Cunha. Brasil, 1977. Com Carlos Vereza, Rossana Ghessa, Canarinho, Nadir Fernandes. 109’. Exibição em MP4 (H.264). Classificação indicativa 18 anos.

SAB 30 JUL . 17h
Uma década sem Carlão. A mulher que inventou o amor, de Jean Garret. Brasil, 1977. Com Aldine Müller, Zécarlos de Andrade, Rodolfo Arena. Exibição em mp4 (H.264). Classificação indicativa 18 anos.

DOM 31 JUL . 15h
Uma década sem Carlão. Avanti Popolo, de Michael Wahrmann. Brasil, 2012. Com André Gatti, Carlos Reichenbach, Eduardo Valente. 72’. Exibição em MP4 (H.264). + A Felis Day’s Night de Helil Neves. Brasil, 2011/2022. 30’. Exibição em MP4 (H.264). Classificação indicativa 12 anos.

DOM 31 JUL . 17h
Aconteceu 100 Anos Atrás. Nanook, o esquimó (Nanook of the North), de Robert Flaherty. EUA, 1922. Exibição da versão original silenciosa de 1922 (em H264) e da versão narrada de 1947 (em 35mm). Legendas em português. Classificação indicativa livre.

_

CINEMATECA ONLINE
Programação gratuita em www.vimeo.com/channels/cinematecadomam

Ciência na tela:  narrativas e desafios para contadores de histórias – Mostra VideoSaúde/Fiocruz e Cinemateca do MAM

Durante a pandemia de Covid-19, os desafios e informações associados à comunicação pública da ciência ganharam destaque com o aumento de circulação e conteúdos relacionados ao cotidiano, aos estudos e ao trabalho de centros de pesquisa, universidades e de cientistas. De onde vem, o que fazem, qual a função social de cientistas e da ciência? Qual a relação do trabalho de cientistas com o cotidiano e a vida das pessoas, das cidades, do meio ambiente, da saúde? É possível produzir conteúdos de comunicação sobre temas ditos áridos, complexos, abstratos de forma bem contextualizada e ao mesmo tempo lúdicos e com narrativas atraentes? 

Mostra com o apoio do Núcleo de Estudos Audiovisual em Saúde (Neavs/VideoSaude/Icict/Fiocruz) e Revista de Pesquisa Fapesp.

SEG 4 a DOM 10 JUL 

Ciência na tela: narrativas e desafios para contadores de histórias. Saúde! Velho Chico de Stella Oswaldo Cruz Penido, Eduardo Vilela Thielen. Brasil, 2019. Documentário. Classificação indicativa livre 

SEG 11 a DOM 17 Jul

Ciência na tela:  narrativas e desafios para contadores de histórias. Rey, Ciência em defesa da vida de Marina Saraiva e Wagner de Oliveira. Brasil, 2018. Documentário. 47’. Classificação indicativa livre 

SEG 18 a DOM 24 JUL

Ciência na tela: narrativas e desafios para contadores de histórias. Música das madeiras brasileiras de Renata Druck. Brasil, . Documentário. Classificação indicativa livre 

SEG 25 a DOM 31 JUL

Ciência na tela: narrativas e desafios para contadores de histórias. O índio cor de rosa contra a fera invisível: a peleja de Noel Nutels de Tiago Carvalho. Brasil, 2019. Documentário. 56’. Classificação indicativa livre

DEBATE

TER  26 JUL 15h (YouTube e Facebook do MAM Rio)

Ciência na tela:  narrativas e desafios para contadores de histórias. Debate com Stella Oswaldo Cruz Penido, Eduardo Thiellen, Maria Guimarães, Marina Saraiva, Tiago Carvalho e José Quental. Mediação: Wagner de Oliveira 

Debate promovido pelo Núcleo de Estudos Audiovisual em Saúde (Neavs/VideoSaude/Icict/Fiocruz) e pela Cinemateca do MAM/RJ.

_

A Cinemateca do MAM é patrocinada pela Samambaia Filantropias.

Informações: