23 de maio de 2018

PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO

O MAM Rio possui um dos mais importantes e abrangentes acervos documentais e bibliográficos especializados em arte moderna e contemporânea do país. Além de salvaguardar a memória da instituição, o setor atende demandas internas e externas de pesquisa e produz conteúdo sobre a história do museu e as coleções de arte que abriga.

A criação de um setor responsável pela divulgação da documentação produzida pela intensa atividade cultural do MAM Rio já era discutida no começo dos anos 1970, mas foi a partir de 1979, na reestruturação do museu após o fatídico incêndio de 8 de agosto de 1978, que foi criado o Centro de Documentação do MAM. Sua instalação no Bloco Escola, na parte sul do edifício-sede do MAM Rio, ocorreu em 1981.

O setor tornou-se responsável pelo atendimento ao público interessado em realizar pesquisas sobre a instituição ou sobre arte, arquitetura e museus de forma geral. No início dos anos 1990, incorporou a biblioteca, que era até então independente e funcionava no Bloco de Exposições. 

Em razão de reestruturação interna, o acesso aos acervos documentais e bibliográficos está temporariamente suspenso. Para mais informações sobre o retorno do atendimento, escreva para [email protected] Para a solicitação de imagens de obras das coleções, escreva para [email protected]


Conheça os Estatutos do MAM Rio

Leia a história do logotipo do MAM

A construção do edifício-sede do MAM Rio, fotografia de Aertsens Michel, Acervo MAM

À esq., Hélio Oiticica em 1969 com a obra B33 Bólide caixa 18 – Homenagem a Cara de Cavalo (1965-1966), da Coleção Gilberto Chateaubriand MAM Rio.

Leia artigo sobre os motivos que levaram Hélio Oiticica a fazer o trabalho e o contexto político e cultural em que foram criados.

Domingos da Criação, série de eventos públicos de 1971 propostos por Frederico Morais, coordenador de cursos do MAM Rio à época, fotografia de autor não identificado, Acervo MAM Rio

Vista parcial dos Jardins do MAM, fotografia de Domi Valansi, MAM Rio

Conheça a história do MAM Rio