Homenagem a José Carlos Avellar no Veredas do Patrimônio em julho

Em julho, o projeto Veredas do Patrimônio Audiovisual é dedicado ao trabalho da própria Cinemateca do MAM, celebrando  o 66° aniversário da sua fundação, bem como a inauguração do novo Centro de Conservação José Carlos Avellar. 

O foco da programação fica no acervo fílmico de José Carlos Avellar, jornalista, crítico, ensaísta e professor que trabalhou na instituição e a dirigiu no biênio 1991/92. Avellar exerceu grande influência sobre os estudos de cinema no Brasil e na América Latina e realizou inúmeros filmes como diretor de fotografia. Juntamente com os filmes de Avellar, um debate discute o pensamento de Avellar e marca simbolicamente a inauguração do novo centro de conservação da Cinemateca.

O projeto Veredas do Patrimônio Audiovisual é patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, pela Concremat, H.I.G. Capital, Guelt Investimentos, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS.

DEPOIMENTOS
A homenagem se completa com uma série de pequenos textos e relatos de amigos e colaboradores de Avellar que celebram sua memória, resgatam sua singularidade e contribuição para o cinema brasileiro em suas mais diferentes esferas, indo da crítica à preservação de cinematográfica. Como escreveu o cineasta Geraldo Sarno:  “José Carlos Avellar, no seu tempo, assumiu uma centralidade no cinema brasileiro: crítico atuante, fotógrafo, montador, curador de festivais, dirigiu órgãos de produção e promoção do cinema, viveu o cinema em todas as frentes como poucos. Foi um tranquilo guerreiro do cinema que se fez no Brasil.”

SESSÃO

SEX 30 JUL – DOM 1 AGO
Coleção José Carlos Avellar. Clementina de Jesus, de José Carlos Avellar. Brasil, 1972-1978. + Enterro do estudante Edson Luís, de José Carlos Avellar. Brasil, 1968. 10’. Classificação indicativa livre 

DEBATE

SEX 30 JUL, às 16h (YouTube e Facebook do MAM Rio)
José Carlos Avellar: trajetória, memória, acervo. Com a participação de Carlos Alberto Mattos, Pedro Bucher e Cláudia Duarte. Mediação Fábio Vellozo 

Informações:
cinemateca@mam.rio



Acessibilidade | Fale conosco | Imprensa | Mapa do Site